Educação para passar o exame

(Reflexões sobre a educação em Portugal, surgidas quando estava a ler “A economia dos pobres”, de Abhijit V. Banerjee e Esther Duflo.)

A verdade é que na maioria das escolas o principal objetivo é preparar as crianças para um qualquer difícil exame público que seja uma catapulta para coisas maiores, o que exige acelerar e cobrir um vasto programa, onde os piores alunos ficam atrás, transformando a escola que deveria ser integradora numa escola de élite. Os profesores das escolas sabem ensinar aos alunos mais fracos, mas durante as aulas regulares, os professores acabam por deixar de lado essa função, porque foram levados a acreditar que devem cumprir um currículo e que o objetivo da escola é ensinar… a passar um exame.

Os constrangimentos impostos pela pedagogia oficial de ensinar para passar um exame e a particular atenção a cumprir o programa acabam por transformar-se numa barreira para os alunos com mais dificuldades ou com menos apoio em casa e na escola.

Anúncios

Gato do Mato – Out Door Training – Treinamento Empresarial ao ar livre

 

A Gato do Mato Expedições é uma operadora de receptivo e especializada, que atua no segmento de ecoturismo e turismo de aventura, fundada em 2003 com o objetivo de oferecer atividades diferenciadas, que reúnam lazer, educação ambiental e atividades ligadas a natureza, tudo em conformidade com as boas práticas já consagradas no mercado.
     Aventuras que busquem novos conhecimentos e aprimoramento do ser humano, tendo como princípio o respeito à natureza e à cultura local.

 

Sourced through Scoop.it from: www.gatodomato.com

Empresa do Brasil que oferece expedições ecológicas como atividades de aprendizagem experiencial que permitam desenvolver competências em contacto com a natureza.

Outward Bound International | To serve, to strive, and not to yield.

Outward Bound International is the membership and support organization of the international network of Outward Bound schools.

The mission of Outward Bound International is:To promote and protect the good name of Outward Bound throughout the world, and to assist in the establishment, development and support of Outward Bound Centers able to provide safe, high quality programs that fulfill the Mission of Outward Bound

 

 

Sourced through Scoop.it from: www.outwardbound.net

Este é o site oficial da escola de Outward Bound, que deu origem a vários programas de outdoor training no mundo. Nesta página se pode aceder aos cursos existentes de Outward Bound, em diferentes países.

Why climb a mountain? Because it’s there … to teach business lessons

A $3-million donation funds a leadership centre that uses the great outdoors as a classroom

 

O artigo descreve como a University of Calgary’s Haskayne School of Businness, com o Haskayne’s Canadian Centre for Advanced Leadeship in Business, utilizam programas de aventura na natureza para desenvolver competências de gestão como são liderança e trabalho em equipa.

Sourced through Scoop.it from: www.theglobeandmail.com

O artigo descreve como a University of Calgary’s Haskayne School of Businness, com o Haskayne’s Canadian Centre for Advanced Leadeship in Business, utilizam programas de aventura na natureza para desenvolver competências de gestão como são liderança e trabalho em equipa.

5 Benefits of Outdoor Education | school improvement process

An outdoor education program builds community and culture, raises expectations and standards, increases connection between students, and develops positive associations around school and the outdoors.

 

En este artigo descrevem o programa “Outdoor School (ODS)”, um programa educativo de três dias na natureza. São descritos os beneficios de programas outdoor como são: desenvolvimento do sentimento de comunidade; eleva as espectativas e os estândares; cria conexões entre os alunos; desenvolvimento cultural; e desenvolver sentimentos e memorias positivas da escola e da natureza.

Sourced through Scoop.it from: www.scoop.it

En este artigo descrevem o programa “Outdoor School (ODS)”, um programa educativo de três dias na natureza. São descritos os beneficios de programas outdoor como são: desenvolvimento do sentimento de comunidade; eleva as espectativas e os estândares; cria conexões entre os alunos; desenvolvimento cultural; e desenvolver sentimentos e memorias positivas da escola e da natureza.

Education Abroad: Six Things You Need to Know About Experiential Learning

To increase the number of students studying abroad, we should encourage experiential learning opportunities alongside the traditional semester and yearlong programs.

 

Este artigo fala sobre a importancia da educação no estrangeiro para a aprendizagem experiencial dos alunos. Está fundamentado na investigação realizada pelo Institute of International Education, “Generation Study Abroad”.

O Artigo descreve quais são as experiências que os estudantes preferem no momento de escolher realizar um programa educativo no estrangeiro, sendo preferidas as atividades educativas não creditadas. A flexibilidade do programa é outro aspecto que a maioria dos estudantes aprecia.

É relevante mencionar que não existe um consenso entre o que é considerado educativo, dentre a grande variedade de atividades no estrangeiro disponíveis (voluntariado, estágios, visitas de estudo, missões religiosas, equipes de desporte ou tours de arte, etc.). O que esta clara é que os alunos estão buscando oportunidades de aprendizagem experiencia no exterior e muitos tipos diferentes de atividades podem ser consideradas.

Sourced through Scoop.it from: blogs.edweek.org

 

Avaliação e seleção de informação na Web

Enquanto fazia o curso MOOC “Búsqueda y Gestión de la Información en la Web” da Universidad de Santiago de Chile, tive acesso a este livro, muito interessante, sobre como buscar e gerir informação na internet:

Maglione, C. & Varlotta, N. (2012). Investigación, gestión y búsqueda de información en internet. http://bibliotecadigital.educ.ar/uploads/contents/investigacion0.pdf

Neste livro encontrei informação relevante sobre como devemos fazer a avaliação e seleção da informação encontrada nos buscadores, identificando vários critérios que apresento a continuação:

Critérios de avaliação de um sítio ou artigo na web

Autoridade

Refere-se ao responsável do sítio, seja uma pessoa, grupo de pessoas ou instituição. Quando encontramos um sítio, devemo-nos perguntar se: o responsável (do sítio ou do artigo) é claramente identificado? E se é uma organização ou entidade reconhecida no campo acadêmico? Se as respostas a estas perguntas são positivas, podemos concluir que possivelmente os dados são fidedignos… no entanto, devemos confirmar se cumpre outros critérios.

Seleção de conteúdos

Cuando encontramos um sítio web ou um artigo devemos observar se a seleção de conteúdos e o seu tratamento são adequados. Este criterio é essencial no que se refere a validação dos conteúdos da informação: é rigurosa e relevante? existe coerência entre texto, imagem e som? a informação foi desenvolvida com amplitude e com claridade? o tema foi desenvolvido em profundidade? a informação esta livre de erros gramaticais e ortográficos? Assim, para poder confirmar este indicador é preciso comparar a informação com outros dados.

Atualização

Este é uma aspeto muito importante, muitas vezes ignorado pelos buscadores de informação: se indica claramente a data de atualização? quando foi realizada a última atualização? há indicios de que a informação está atualizada? Devemos tomar em conta que a ciência avança constantemente e há novos dados todos os dias. Não queremos informação desatualizada.

Navegabilidade

Apesar de este ser um criterio más sobre a apresentação da informação que sobre a própria informação, a interfaz utilizada pode ser importante para facilitar a navegação pelo sítio: Se pode identificar com rapidez a página que se quer visitar? se pode chegar facilmente a ela? há um enlace para a página inicial desde qualquer outra página? os enlaces são fáceis de identificar? os enlaces estão agrupados por algum critério reconhecível?

Organização

O nível de organização está relacionado com o respeito por parámetros e critérios próprios do campo académico. Espera-se que a informação esteja logicamente organizada através de índices, esquemas, íconos, títulos, referências bibliográficas, etc.

O livro apresentam também os critérios de adequação ao destinatário e legibilidade, mas eu considero estes cinco os mais importantes.

Mais informações em relação à busqueda e avaliação da informação na web pode ser encontrada em:

 

 

 

Las TIC y la brecha digital

Me facilitaron este site en la web, cuando estaba haciendo el curso de Búsqueda y Gestión de la información en la Web, en Miriada X. Tiene un libro interesante sobre la experiencia de incorporación de tecnologias de información, comunicación y colaboración en educación superior.

El sitio se llama Brecha Digital, y habla sobre la separación que existe (brecha) entre las personas que utilizan las TIC y las que no tiene acceso a las mismas o que tienen acceso pero no saben utilizarlas.

http://www.labrechadigital.org/labrecha/

Aqui también esta un enlace que permite ver las estatísticas de los niveles de literacia en redes http://reports.weforum.org/global-information-technology-report-2015/network-readiness-index/

En este otro enlace está un reporte de 2015 sobre Medición de la sociedad de la información 2015: http://www.itu.int/en/ITU-D/Statistics/Documents/publications/misr2015/MISR2015-ES-S.pdf

10 estratégias para disciplinar as crianças

Crianças a torto e a Direitos

texto do site http://pequenada.com

Flickr

Crédito da Imagem: 1

Pequenas, mas com vontades próprias, as crianças necessitam de disciplina para conhecerem os limites e valores importantes como o respeito. No entanto, a disciplina não deve ser reservada exclusivamente para os momentos em que as crianças se portam mal, deve ser algo contínuo para que a criança saiba ela própria distinguir entre o que é certo e o que é errado. Mune-se destas estratégias para ter sempre crianças bem comportadas.

  1. Regras e limites.A melhor forma de facilitar a disciplina de uma criança é estabelecer regras e limites claros, ou seja, que sejam claramente percetíveis pela criança. As regras e os limites são fundamentais para a criança aprender o autocontrolo, para saber o que está certo e errado, facilitando a vivência dentro e fora da esfera familiar. Conhecidas as regras, a vida torna-se mais fácil para pais e crianças.
  2. Consequências claras.

View original post mais 798 palavras

A leitura em casa molda o cérebro das crianças em idade pré-escolar

Crianças cujos os pais reportaram ler mais em casa mostraram uma ativação bastante maior de áreas cerebrais numa região do hemisfério esquerdo ligada à integração multissensorial.  Esta zona do cérebro, que é conhecida por estar extremamente ativa quando crianças mais velhas leem livros por si próprias, revelou o mesmo efeito quando crianças mais novas ouvem histórias.

O estudo concluiu ainda que a linguagem dos livros, quando comparada com a linguagem usada pelos pais ao falar com os filhos, é mais completa, expondo, por isso, as crianças a um vocabulário mais alargado.

Ler mais: Artigo resumo na Visão; Abstract do artigo original no Pediatrics

Video: Tell Me a Story: Your Pediatrician Wants You to Unplug the Kids