Educação para passar o exame

(Reflexões sobre a educação em Portugal, surgidas quando estava a ler “A economia dos pobres”, de Abhijit V. Banerjee e Esther Duflo.)

A verdade é que na maioria das escolas o principal objetivo é preparar as crianças para um qualquer difícil exame público que seja uma catapulta para coisas maiores, o que exige acelerar e cobrir um vasto programa, onde os piores alunos ficam atrás, transformando a escola que deveria ser integradora numa escola de élite. Os profesores das escolas sabem ensinar aos alunos mais fracos, mas durante as aulas regulares, os professores acabam por deixar de lado essa função, porque foram levados a acreditar que devem cumprir um currículo e que o objetivo da escola é ensinar… a passar um exame.

Os constrangimentos impostos pela pedagogia oficial de ensinar para passar um exame e a particular atenção a cumprir o programa acabam por transformar-se numa barreira para os alunos com mais dificuldades ou com menos apoio em casa e na escola.